REFRISAT

Refrigeração para Data Center

23/01/18 • by Bianca de Moraes • em , , , ,

Data Centers são infraestruturas complexas e compostas por diversos componentes permitem o processamento e armazenamento de informações cruciais para a continuidade dos negócios de empresas. A refrigeração para data center é fundamental pois é o responsável por manter o ambiente interno favorável à operação dos equipamentos que compõem o data center, como servidores, storages, switches, etc.

 

FUNÇÕES DA REFRIGERAÇÃO PARA DATA CENTER

 

A refrigeração para data center tem três funções principais:

Controle de temperatura: os servidores e demais equipamentos do data center aquecem muito durante seu funcionamento, correndo o risco de se auto-desligarem ou queimarem, o que pode causar uma parada não programada no data center e a interrupção dos serviços. Para manter a temperatura mais baixa e estável, é necessário utilizar máquinas específicas de ar condicionado.

Controle de qualidade do ar: para garantir a qualidade da pureza do ar no interior do data center é necessário evitar a presença de partículas solidas e contaminantes no ar. A limpeza do ar ocorre por meio de um sistema de filtragem presente nas unidades de ar condicionado.  

Controle de umidade: os equipamentos eletrônicos são muito sensíveis. A baixa umidade do ar pode gerar carga eletrostática que pode queimar os servidores. Já a alta umidade pode causar a condensação de água dentro dos servidores. Além disso, as bactérias se proliferam nos dois extremos, então a umidade relativa precisa ser mantida.

Existem várias técnicas de refrigeração que podem ser adotadas durante o projeto de um data center, e que são recomendadas para promover eficiência energética. Destaca-se a colocação do ar condicionado o mais próximo possível dos servidores, o free cooling, que utiliza o ar externo para refrigerar internamente, utilização de sistema com água gelada (chillers) e etc.

 refrigeração para datacenter
 
Unidade de Água Gelada Trocador de Calor Torre de Resfriamento Aberta