REFRISAT

ENVIDRAÇADOS, ENGARRAFADOS, DESDE O BRASIL ATÉ O OUTRO LADO DO MUNDO.

19/10/17 • by Bianca de Moraes • em , , , , , ,

News241_1

Já falamos por aqui em outros momentos de processos de resfriamento que participamos em indústrias de vidro. Já estivemos do vidro do carro ao estádio de futebol, e agora voltamos a reforçar essa participação em indústrias que prezam por qualidade e que são referências do setor.

 

A Owens Illinois do Brasil é um desses casos. Eles trabalham com embalagens de cerveja, alimentos, bebidas sem álcool, produtos farmacêuticos, bebidas destiladas, louça, vinho e até lançaram um produto especial registrado por eles, o “COVET™”, atendendo a um setor mais ligado ao luxo com embalagens ainda mais sofisticadas e com muita qualidade.

 

Fundada nos EUA e com sedes em diversos países, além de joint ventures na China, Itália, Malásia, México, Estados Unidos e Vietnã, a O-I, como é referenciada, tem mais de 27.000 funcionários pelo mundo, além de ser dona de mais de 1.800 patentes, comprovando seu pioneirismo e inovação.

 

A busca por novidades em um setor que se mantem tão parecido por anos é um fruto de pesquisa e de vontade de empresas que assim como a Owens Illinois enxergam além da necessidade atual do consumidor, e que não à toa nos procuram para encontrarmos soluções para suas produções.

 

No processo em questão nosso equipamento fez o resfriamento de processos específicos na unidade da Owens. O modelo escolhido foi um dos nossos menorzinhos, o SAT 015, que foi aplicado com eficiência atingindo as especificações solicitadas pela O-I e ainda entregando melhor qualidade e eficiência.

 

Com o resfriamento da produção de vidros na fábrica da Owens, a produtividade aumenta, assim como a qualidade do produto final e a oferta aos clientes finais, que no final das contas, somos todos nós consumidores, desde o Brasil até o outro lado do mundo, literalmente.

 

unidade de água gelada
Unidade de Água Gelada Trocador de Calor Drycooler